Vento Norte traz grandes instrumentistas de sopro a Belém

Imagem

A forte tradição de bandas musicais e fanfarras no Pará, fortalecida com a produção de um número considerável de grupos espalhados pela capital e pelo interior em escolas, igrejas e instituições militares, é uma evidência da grande quantidade de músicos de sopro na região. Artistas paraenses consagrados nacionalmente, como o saxofonista Paulo Levi, são responsáveis pela boa referência do Estado no que se refere à qualidade de tal classe de instrumentistas. Especialmente interessada nestas questões e na formação musical qualificada, a Escola de música da UFPA – EMUFPA promove o Vento Norte – Semana Temática de Sopros, que acontecerá de 21 a 24 de outubro em Belém. O evento tem o objetivo de promover a troca de saberes entre professores, alunos e público em geral ligado ao tema.

Os convidados que ministrarão master classes são profissionais de elevado nível em performance musical, além de professores de renomadas instituições brasileiras. São eles: Dilson Florêncio – Universidade Federal da Paraíba (saxofone), Cícero Cordão – Universidade Estadual de Londrina (trompete), Gilberto de Queiroz – Universidade Estadual de Londrina (trombone) e Guilherme Garbosa – Universidade Federal do Santa Maria (clarinete). Nos cursos, serão abordados vários aspectos relativos à performace, como técnica e sonologia, bem como relatos de experiência profissional musical.

Além dos master classes de instrumentos, haverá o curso “Introdução à linguagem do Jazz”, que será ministrado por Yuri Guedelha, professor de flauta transversal da própria EMUFPA.Todas as atividades de ensino serão realizadas na Escola de Música às 9h e às 14h30. As inscrições são gratuitas e serão realizadas um pouco antes de iniciar as aulas. À noite, sempre a partir das 19h30, haverá apresentações musicais no Teatro Waldemar Henrique com Big Band e combos de jazz da EMUFPA.

Com apoio da SECULT – PA, Fundação Tancredo Neves e Teatro Waldemar Henrique, o Vento Norte faz parte das comemorações pelos 50 anos da Escola de música da UFPA e está sendo coordenado pelo professor de saxofone Marcos Cardoso (Puff), que afirma a importância do evento quanto ao fomento e à discussão dos estudos recentes acerca dos instrumentos de sopro em Belém.

Serviço

Vento Norte – Semana Temática de Sopros

Dias: de 21 a 24 /10

Local – Master classes: EMUFPA (Tv. Padre Prudêncio, n˚ 220, comércio)

Local – Recitais: Teatro Waldemar Henrique (Pça da República, s/n)

Contatos: 88644070 / 91976206 / 81034881 (Marcos Puff)

Lançamento do livro “Iniciação Musical por meio da Flauta doce”

No próximo dia 25 de setembro, haverá o lançamento do livro “Iniciação Musical por meio da Flauta doce” da Prof. Arlette Pinheiro, na Capela de São José Liberto às 19h00. Organizado pela Prof. Dra. Lia Braga, a obra é uma ferramenta complementar para o ensino de música em escolas básicas e profissionalizantes, atendendo as demandas de professores e alunos que utilizam a flauta doce. A publicação faz parte das ações comemorativas pelos 50 anos da Escola de Música da UFPA e representa um reconhecimento ao trabalho da autora no âmbito da educação musical em Belém – PA.

O livro está dividido em três partes: 1) Esclarecimentos sobre a Flauta doce; 2) Flauta doce Soprano – mão esquerda e 3) Flauta doce – mão direita. Quase todas as peças têm acompanhamento harmônico para piano, o que auxilia a preparação e execução durante as aulas. No repertório, adaptações de canções do folclore e de lições de obras para as séries iniciais de piano, compostas por Margaret Steward, Ferdinand Beyer, Antonio Diabelli, Georges Bull e Giuseppe Galluzzi.

capa_inic_flauta_1 (1)

 

A obra “Iniciação Musical por meio da flauta doce” foi patrocinada pela Coordenação de Educação Básica e Técnica da PROEG (UFPA) e já está disponível nas instituições e redes de ensino SEDUC e SEMEC. Além disso, exemplares serão entregues para representantes da Escola de Música e da Escola de Aplicação, ambas instituições da UFPA. A programação para o dia do lançamento contará com apresentações musicais e homenagens de ex-alunos da professora Arlette.

A trajetória da autora

Ao longo de três décadas, a professora Arlette Pinheiro tem se dedicado à educação musical em Belém, aperfeiçoando e inovando métodos por meio do ensino e da pesquisa. Já lecionou na antiga Fundação Educacional do Pará, no Instituto Estadual Carlos Gomes, na Associação dos Pais e dos Amigos dos Excepcionais, e nas unidades da Universidade Federal do Pará (Escola de Música e Escola de Aplicação).  Entre os principais trabalhos da professora Arlete Pinheiro está a criação do Instituto de Iniciação Musical e Piano, no ano de 1965.

De acordo Lia Braga, o lançamento do livro é resultante de “Um trabalho impulsionado pela admiração que sinto pela profª Arlette Pinheiro como exemplo de educadora musical. Ela sempre foi e ainda é criativa, cheia de iniciativa, incansável, inteligente, sensível. Foi responsável pela iniciação musical de uma geração de músicos reconhecidos no meio artístico de Belém, do país e do exterior. Seu trabalho precisa ser difundido e realizado nas classes de musicalização de escolas de música e de educação básica, pelo seu valor como ferramenta pedagógica musical de qualidade.”

Serviço

Lançamento do livroIniciação Musical por meio da Flauta doce” da Prof. Arlette Pinheiro

Dia: 25 de setembro de 2013

Local: Capela de São José Liberto (Polo Joalheiro – Praça Amazonas, s/n, Bairro do Jurunas)

Hora: 19h00

Contatos:

Lia Braga: lia41braga@yahoo.com.br  e telefones 3236-0268 / 88691170

Isac Almeida: isacarts@hotmail.com e telefones 88123678 / 89470168

 

 

 

Orquestra de Contrabaixo da EMUFPA abre Festival de Contrabaixo

Belém, a cidade do carimbó e do tecnobrega, é um grande palco da diversidade cultural da região Norte. Desse modo, é natural que a cidade seja cenário de inúmeras manifestações musicais e eventos desta natureza. Neste mês, um dos grandes atrativos é o Festival de Contrabaixo da Amazônia, que em 2013 realiza a quinta edição. O festival que inicia dia 05 de setembro terá duração de três dias e será na Praça do Povo (Fundação Tancredo Neves), sempre a partir das 19h.

Como uma tradição nacional, o Festival faz parte do circuito que se iniciou em 2009, na cidade de Caruaru (PE). Além de Belém, o evento acontece em outras vinte e quatro cidades brasileiras. Nesta edição de 2013, o encontro reunirá profissionais de renome nacional e internacional.

A proposta do evento é juntar os amantes do baixo para estimular e trocar as suas experiências, por isso que além dos shows a programação está voltada também para a formação dos participantes. São os próprios artistas que ministrarão as oficinas e os workshops durante o festival. A inciativa do festival é da Associação dos Amigos da Música Instrumental (AAMI) fundada com o intuito de apoiar e fomentar a categoria musical no estado.

Para os alunos do curso de contrabaixo elétrico do PRONATEC (Programa Nacional de Acesso ao Ensino e Emprego), oferecido pela Escola de Música da UFPA – EMUFPA, o festival também é uma oportunidade de viver uma importante experiência de palco, garante Adelbert Carneiro que é professor e coordenador do grupo. Esses alunos, que compõe a Orquestra de Contrabaixo Elétrico, farão a abertura do evento na quinta-feira às 19h, juntamente com outros artistas.

Divulgação Orquestra de contrabaixo

Serviço

V Festival de Baixo da Amazônia

Dia: 05 à 07 de setembro

Local: Fundação Tancredo Neves (Av. Gentil Bintercourt, n 650).

Contatos: Marcus Braga 8864-8701 (oi) / 8184-0844 (tim) e Adelbert Carneiro 81991808 (tim)

Camerata da Escola de Música da UFPA

A Escola de Música da UFPA realiza nesta terça-feira, dia 03 de setembro, o Recital da Camerata da EMUFPA. O evento reunirá professores e ex-alunos da Escola. Os solistas serão três violinistas, o Prof. Luiz Moraes (Pardal), e os ex-alunos Felipe Bruno e Leon Keuffer, que atualmente é bolsista na Chetham’s School of Music, em Manchester, na Inglaterra.

A Camerata da EMUFPA existe desde 2012 e é formada pelos professores de cordas friccionadas da escola. São eles: Celson Gomes, Silvia Matos, Thais Carneiro e Joziely Brito (violino), Antônio Pádua Batista (viola), Áureo de Freitas (violoncelo), Alessandra Castro (contrabaixo), e Miguel Campos Neto (regência). O recital conta ainda com a participação dos professores convidados André Gaby (piano) e Aderbert Carneiro (contrabaixo). A apresentação tem início às 18h30min, no Hall de entrada da EMUFPA. A entrada é gratuita.

violino